quinta-feira, 4 de novembro de 2010

2008 - Ponto de Partida - Sérgio Ricardo

Oi pessoal! Nesta quinta-feira, posto aqui no Blog um disco que, pra mim, foi uma grata surpresa quando o ouvi pela primeira vez. "Ponto de Partida" é o trabalho mais recente de Sérgio Ricardo, cantor que considero genial. Embora tenha sido vaiado no III Festival de Música Popular Brasileira da Tv Record de 1967, com a canção "Beto Bom de Bola" (ao meu ver, injustamente), Sérgio Ricardo é considerado um dos grandes compositores e intérpretes de nossa MPB. Conhecido principalmente no episódio do Festival onde, irritado com as vaias, quebra o violão e o joga pra platéia, Sérgio Ricardo tem inúmeros sucessos em sua carreira, como "Esse Mundo É Meu", "Barravento", "Deus e o Diabo Na Terra do Sol", "O Sertão Vai Virar Mar" e "Zelão". Neste disco, Sérgio Ricardo traz novas interpretações de alguns de seus sucessos, como "Deus e o Diabo Na Terra do Sol" e "Barravento", além das músicas "Lá Vem Pedra", "Enquanto A Tristeza Não Vem", "Beira do Cais", "Maria do També", "Fantasma", "Ausência de Você" e "Ponto de Partida". Pra falar a verdade, é difícil destacar algumas músicas, pois o disco é incrível! Tenho certeza que quando você ouvir, também ficará surpreso com a qualidade deste trabalho de Sérgio Ricardo. Simplesmente, excelente!

1 - Barravento
2 - Fantasma
3 - Cacumbu
4 - Ausência de Você
5 - Lá Vem Pedra
6 - Poema Azul
7 - Palmares
8 - Enquanto A Tristeza Não Vem
9 - Dulce Negra
10 - Maria do També
11 - Beira do Cais
12 - Ponto de Partida
13 - Contra Maré
14 - Folha de Papel
15 - Deus e o Diabo Na Terra do Sol


Um comentário:

  1. Concordo com suas palavras: simplesmente excelente; simplesmente Sérgio Ricardo!

    ResponderExcluir