domingo, 17 de fevereiro de 2013

1972 - Ben - Jorge Ben

Oi pessoal! Neste domingo, depois quase um mês de ausência, trago aqui no Blog da Música Brasileira mais um disco do cantor e compositor carioca Jorge Ben (Jor), o qual tem uma carreira de mais de 50 anos repleta de sucessos. Jorge Ben iniciou sua carreira como pandeirista no conjunto Copa Trio, em 1961, se apresentando na boate Bottle's, no Beco das Garrafas (RJ), cantando músicas de sua própria autoria. Em 1963, Jorge Ben voltou a se apresentar no Bottle's com os Copa Cinco, além de participar das gravações do LP "Tudo Azul", do organista Zé Maria, atuando como "crooner" nas músicas "Por Causa de Você, Menina" e "Mas Que Nada", ambas de sua autoria, as quais alcançaram grande sucesso e repercussão nacional. Tanto que, ainda no mesmo ano, foi convidado a gravar pela Philips um 78 RPM contendo essas duas músicas, com acompanhamento dos Copa Cinco e com o enorme sucesso deste disco, gravou seu primeiro LP "Samba Esquema Novo", contendo além destas duas, "Chove, Chuva" (também de sua autoria), disco este que ultrapassou a marca de 100 mil cópias vendidas na época. No ano seguinte, lançou mais dois LP's de sucesso, "Sacundin Ben Samba" e "Ben É Samba Bom", viajando em 1965 aos Estados Unidos apresentando-se em clubes e universidades. Nesta época, participou do "Fino da Bossa" na Tv Record, além de ter suas músicas "Mas Que Nada", "Chove Chuva", "Zazueira" e "Nena Naná" gravadas por outros intérpretes nos Estados Unidos, alcançando grande sucesso e repercussão internacional. Ainda neste mesmo ano, gravou o disco "Big Ben", o qual lançou o sucesso de "Agora Ninguém Chora Mais". Dois anos depois, gravou o disco "O Bidu - Silêncio no Brooklin", e, em 1968, foi convidado a participar do programa "Divino Maravilhoso", apresentado por Caetano Veloso e Gilberto Gil na Tv Tupi. Em 1969, apresentou-se no IV Festival Internacional da Canção, promovido pela Tv Globo, com a música "Charles Anjo 45", a qual se tornou mais tarde um grande sucesso de Jorge Ben (embora não tenha sido classificada entre as três), sendo esta travada no LP "Jorge Ben" gravado no mesmo ano, que continha ainda os sucessos de "Take It Easy My Brother Charles", "Domingas", "Bebete Vãobora", "Crioula", "Que Pena" e "País Tropical", todas de sua autoria. No ano seguinte, participou do V Festival Internacional da Canção, também promovido pela Tv Globo, como autor da música "Eu Também Quero Mocotó", defendida por Erlon Chaves, a Banda Veneno e o Trio Mocotó, conquistando apenas o sexto lugar do festival. Ainda em 1970, Jorge Ben destacou-se no festival do Midem, em Cannes, com a música "Domingas", além de gravar o disco "Força Bruta", que trazia "O Telefone Tocou Novamente" e "Oba, Lá Vem Ela". No ano seguinte, lançou o disco "Negro É Lindo", o qual produzido por Paulinho Tapajós trouxe o sucesso "Que Maravilha", esta em parceria com o cantor e violonista Toquinho. Em 1972, realizou uma turnê internacional por Itália, Portugal e Japão, onde foi gravado um disco ao vivo. Neste mesmo ano, foi o ganhador do VII Festival Internacional da Canção, promovido pela Tv Globo, como autor da canção "Fio Maravilha", defendida de maneira antológica e inesquecível por Maria Alcina, num Maracanãzinho lotado. Ainda neste ano, Jorge Ben lança o nono LP da carreira, "Ben", também produzido por Paulinho Tapajós, e que é tema da postagem de hoje, o qual traz como destaque em seu repertório (todo de autoria de Jorge Ben) as músicas "Fio Maravilha", "Taj Mahal", "Caramba! Galileu da Galiléia", "O Circo Chegou", "Que Nega É Essa", "Paz E Arroz", "As Rosas Eram Todas Amarelas" e "Morre O Burro, Fica O Homem". Um disco muito gostoso de se ouvir, que na minha opinião é um dos melhores da carreira de Jorge Ben, o qual mostra toda a genialidade do compositor carioca como cantor e intérprete de seus sucessos, sucessos estes que se tornaram clássicos de nossa música brasileira. Um disco de alto nível musical, com a essência única de Jorge Ben em cantar, interpretar e, sobretudo, compor suas músicas, genuinamente brasileiras.

1 - Morre O Burro, Fica O Homem (Jorge Ben)
2 - O Circo Chegou (Jorge Ben)
3 - Paz E Arroz (Jorge Ben)
4 - Moça (Jorge Ben)
5 - Domingo 23 (Jorge Ben)
6 - Fio Maravilha (Jorge Ben)
7 - Quem Cochicha O Rabo Espicha (Jorge Ben)
8 - Caramba! Galileu da Galiléia (Jorge Ben)
9 - Que Nega É Essa (Jorge Ben)
10 - As Rosas Eram Todas Amarelas (Jorge Ben)
11 - Taj Mahal (Jorge Ben)

4 comentários:

  1. AMEIIIIII *-* TUDO DE BOM SEU BLOG! TO SEGUINDO E RECOMENDOOO! PODERIA SEGUIR O DO MEU GRUPO 2HEAVEN? Muito obrigada! http://2-heaven-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, boa tarde.

    Você como conhecedor de discos raros será que conseguiria o 6 em ponto do Francis Hime?

    Antecipadamente agradeço,

    abraços.

    ResponderExcluir
  3. Oi, então... gostei muito do conteúdo do seu blog! Dá uma passadinha lá no meu e diz o que achou? ;3
    http://stuckonpmore.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Jorge Ben é demais!
    Peço licença pra apresentar o Pedrada Acustico:

    http://www.facebook.com/PedradaAcustico

    ResponderExcluir